sexta-feira, 25 de maio de 2012

Experiências de Criação na oficina de Performance

Esta semana estava acontecendo a primeira Semana Acadêmica do Curso de Teatro da UFPel. Dentre as atividades, trouxeram de Porto Alegre, João de Ricardo, para ministrar um “oficinão” de Performance. A oficina aconteceu no COP, Círculo Operário Pelotense.
Fazendo a oficina, pude experienciar uma total desconstrução das minhas formas, trazendo o meu dia a dia e levando esse cotidiano de maneira hibrida no meu corpo. A troca de ideias, pele, corpo, me proporcionaram reflexões profundas em minhas camadas internas de atuação.
   No ato de se doar, me deixei levar para novas experiências de criação, retirando camadas e repondo com outras imagens que foram se revelando ao longo da oficina


   A pesquisa do ator, diretor e performer João Ricardo se dá sobre um olhar aprofundado na artista Lygia Clark,  que foi uma pintora e escultora brasileira contemporânea que autointitulava-se "não-artista". Iniciou seus estudos artísticos em 1947, no Rio de Janeiro.


Tinta industrial s/ madeira, 33 cm, Col. Adolpho Leirner, SP.
Fonte:http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/escultura-moderna/escultura-moderna-9.php#ixzz1vs8NPiit



Um comentário:

  1. Transforme suas camadas misturando o fio das formas... "Baba Antropofágica"

    ResponderExcluir